Um ano de casamento!

>> quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Comemoramos 1 ano de casamento! Estou muito feliz!

Reproduzo este lindo trecho das Escrituras Sagradas, escrito por Paulo de Tarso, no livro Aos Coríntios, capítulo 13. Estas palavras transmitem muito bem a minha forma de 'ver' e sentir o amor!


O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.


Como bem disse Carlos Drummond de Andrade em seu 'Amor e Seu Tempo':

"Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde."


Deixo este post com uma das músicas que faz parte do nosso repertório do dia-a-dia. Costumamos ouvi-la em outras versões também, dentre outras lindas canções de Duke Ellington, Miles Davis, John Coltrane, Nina Simone, Billie Holiday, Ella Fitzgerald, ...



Na próxima postagem contarei para vocês como foi a celebração do nosso casamento. Uma pequena cerimônia, com uma grande emoção!

Beijos apaixonados!
Paula

Read more...

Creme de Palmito

>> quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Bom dia! Como muitos nessa época do ano, ando tão sem tempo... O retorno das férias significou trabalho acumulado: quantas pendências urgentes! Voltei ao trabalho há uma semana e somente hoje posso dizer que está mais 'tranquilo'. Além disso, com o fim do ano se aproximando, as horas livres ou seja - horas de almoço e após expediente estão sendo  dedicadas às habituais comprinhas de  final de ano e  às confraternizações .   Confesso que esta agitação de 'fim de ano' me alegra e motiva a fazer o máximo de coisas possíveis. Mesmo assim, sinto falta de visitar os blogs que tanto admiro,  responder alguns e-mails, comentários, e colocar a conversa em dia com alguns amigos. Farei isso assim que possível.   Por hoje, deixo aqui a receitinha do creme de palmito, servido no Almoço de Férias. A receita é extraida do livro Dona Benta, edição do ano de 1990; com minhas habituais modificações.

Creme de palmito
Tempo de preparo: 15 min
Rendimento: 5 porções

Ingredientes

2 xícaras de chá de leite
1 tablete de caldo de carne
1 cebola pequena bem picada
algumas rodelinhas de alho poró
sal a gosto
1 colher de sopa (rasa) de amido de milho
1 colher de sopa de manteiga
2 gemas
1 colher de sopa (rasa) de salsinha
1 vidro de palmito

Modo de preparo:

Leve o leite ao fogo baixo junto com o caldo de carne, a cebola, as rodelinhas de alho poró e o amido de milho. Deixe ferver e corrija o tempero com sal (a gosto). Imediatamente após engrossar, apague o fogo e junte ao creme as gemas, a salsinha e o palmito picado em pedaços. Misture bem.

Sirva à parte, como entrada ou até mesmo junto com arroz, no prato principal.

~.~

Beijos e um lindo final de semana!
Paula





Read more...

Almoço de férias

>> sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Olá pessoal!

As férias acabaram. Foram maravilhosas e preguiçosas. Planejei inúmeras ocasiões aqui em casa mas a preguiça era tanta, que só consegui preparar um almoço para dois. Que vergonha! Mas foi o meu máximo! Com o sossego e lerdeza predominando, só pensei em um arranjo de mesa e cardárpio  bem simples - o mais simples possível.

O arranjo foi feito com pétalas de rosa vermelha, inspirado em uma foto que encontrei pela web. Entre as pétalas dispus copinhos de vidro com velas dentro. O cardápio era composto de entrada, salada, prato principal e sobremesa. Parece muito, mas garanto que foi o mais rápido e prático que consegui. A entrada foi creme de palmito - vou postar a receita em breve; servi-o  junto com a salada composta por alface americana, cenoura ralada, tomate, palmito - ambos cortados em rodelas, e salsinha picada. O prato principal foi arroz branco e bife acebolado. (Básico!) Como sobremesa, esta mousse de uva que já tinha feito poucos dias antes. Quer mais preguiça que isso?

Beijos e um lindo final de semana!
Paula






~.~

Read more...

Sorvete de mel e Desafio dos 5

>> domingo, 27 de novembro de 2011


Bom dia pessoal!

Dia desses fui almoçar no Cantaloup. Um dos muitos restaurantes  "famosinhos" em São Paulo. Tenho muita cautela ao ir nestes restaurantes aqui em SP porque nem sempre eles correspondem à fama. Alguns não passam de 'aparência' e 'preço'.  Porém,  com o Cantaloup tive agradáveis surpresas em todos os pratos servidos.

Na ocasião, como sobremesa, experimentei o 'sorvete de mel com bavaroise de frutas vermelhas'. O sorvete me agradou tanto que quis reproduzi-lo aqui em casa! 

Com a ajuda desta receita do blog da Liliane, o Caminho da Gula, preparei o sorvete!  Mesmo diminuindo as medidas do mel e açucar, ficou maravilhoso! Obrigada Liliane!

A receita reproduzo abaixo. Provei-o com calda de geléia de 'cabernet sauvignon' para somar alguma acidez ao sorvete, com perfeita textura de massa.  Mas cuidado: derrete bem rápido!

Ah! Não deixem de conferir o blog da Liliane. Além de postagens sobre receitas, há também decoração de mesa para festas e jantares que ela oferece para seus familiares e amigos. É um blog muito inspirador!

Aproveito esta postagem para participar do 'Desafio dos 5', que a querida Josy do blog Cozinhando com Josy passou para mim. A Josy tem um maravilhoso blog de culinária. Confesso, um pouco envergonhada, que toda vez que passo por lá fico com 'água na boca' com as delicias que a Josy prepara. Quanto ao desafio dos 5, a parte mais difícil foi falar sobre meus defeitos! Hi hi hi

Aí está!

Sorvete de mel

Ingredientes

200 ml de mel
3 gemas
3 claras
250 gr de creme de leite fresco
1 colher de sopa de açúcar refinado
2 gotas de baunilha

Modo de preparo

1) Bata as gemas com o açúcar e a baunilha até ficar branco e fofo. Reserve.
2) Coloque o mel em uma panela e leve ao fogo até derreter.
3) Bata as claras em neve, e vá adicionando o mel derretido, continuando a bater até esfriar. Reserve
4) Bata o creme de leite fresco em picos moles.
5) Misture devagar as gemas batidas com as claras em neve e o creme de leite.
6) Coloque em forminhas ou mesmo um refratário  grande. Cubra com filme plástico e leve ao congelador de um dia para outro.




Desafio dos 5

5 Coisas que eu gostaria de fazer antes de morrer
1) Voar de balão.
2) Preparar um suflê que não murche.
3) Viajar para o Japão.
4) Aprender a tocar pelo menos algum destes instrumentos musical: piano, flauta ou harpa.
5) Ter uma residência suficientemente grande para manter um jardim, criar cachorros, ter um cantinho sob as árvores para descansar, ter um pequeno lago (mesmo que artificial), e receber pessoas queridas.


5 Coisas que faço bem
1) Falar inglês (os chefes elogiam).
2) Lidar com conflitos – procuro soluções em vez de ‘chorar as pitangas’.
3) Organizar coisas (papéis, livros, revistas, documentos, roupas, informações...).
4) Coordenar pessoas para tarefas ou projetos.
5) Economizar. Ahhh... Me controlo para realizar sonhos (meus e de outras pessoas).


5 Defeitos
1) Teimosia.
2) Dispersão (não consigo me concentrar por muito tempo em um único assunto).
3) Impaciência (principalmente com algumas ‘tartarugas’ no trânsito).
4) Ser lacônica.
5) Não praticar nenhuma atividade física no momento. (Mas isso vai mudar logo, logo.)


5 Coisas que Adoro
1) Cozinhar.
2) Nadar ou caminhar.
3) Visitar alguns blogs de culinária, decoração e variedades.
4) Assistir filmes e desenhos.
5) Bordar tapeçaria.


5 Coisas que Detesto
1) Deboche. 
2) Descortesia com o próximo.
3) Pessoas “reclamonas”, ou seja, que preferem reclamar e reclamar em vez de mudar sua própria situação.
4) Desperdício seja de dinheiro, de comida, de tempo,...
5) Ostentação.


5 Pessoas para quem eu passo esse Desafio
Meninas, sintam-se à vontade para ignorar este desafio. É uma brincadeira livre!

1) Patricia do Meu Canto na Cozinha
2) Sandra Portugal Projetando Pessoas
3) Bia Costa do Chá Mate com Pinhão
4) Cela do Cela em Casa
5) Grazzi do Coisas da Grazzi

~.~


Beijos e uma linda semana à todos!
Paula

Read more...

Mousse de uva

>> terça-feira, 22 de novembro de 2011


Bom dia pessoal!

Finalmente estou em férias! Como é bom! O Principe Encantado também. Decidimos não viajar para descansarmos bem. Infelizmente eu estava com fadiga devido à rotina e stress do trabalho - bem 'puxado' neste ano, por sinal;  por isso achamos melhor ficar aqui em casa. Se viajassemos, não descansaríamos. Então, como imaginávamos: liberdade total! Sem hora para nada - é a mais pura rebeldia contra o relógio. Peço desculpas por estar ausente dos queridos blogs; é que com essa rotina "anti-horário", não estou conseguindo me organizar para fazer as coisas. Hi hi hi...

Ainda assim, estou cozinhando um poquinho. Esses dias preparei esta mousse de uva, que fiz com a tal farinha de uva. Por isso ela está 'pintada'. Enquanto a preparava, pensava na acidez do sabor. Entretanto, no primeiro bocado, me surpreendi com a doce suavidade e a leveza da mousse.

Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 10 porções

Ingredientes
500 ml de suco de uva
1 colher de sopa de farinha de uva (opcional)
1 pacotinho de gelatina incolor em pó
6 claras de ovo
1 pitada de sal
6 colheres de sopa de açucar
1 lata de creme de leite sem soro
1 colher de sopa de amido de milho
1/2 colher de sopa de açucar

Modo de preparo da mousse

Dissolva em fogo baixo a gelatina incolor em 350ml do suco de uva. Deixe esfriar.
Bata as 6 claras em neve com a pitada de sal; acrescente as 6 colheres de açucar e bata até o ponto de suspiro. Acrescente o creme de leite e a gelatina dissolvida no suco de uva. Misture bem. Coloque em um refratário ou pequenos recipientes. Leve para gelar.

Modo de preparo da coulis

Leve ao fogo baixo os 150ml restantes do suco de uva, com 1 colher de sopa de amido de milho e 1/2 colher de sopa de açucar. Mexa até levantar fervura. Espere esfriar e leve-a para a geladeira.

No dia seguinte, ao desenformar a mousse, regue-a à gosto com esta coulis.


Espero que apreciem!

Beijos
Paula

Read more...

Boas compras - as especiarias

>> sábado, 19 de novembro de 2011




Bom dia pessoal!

Hoje conto para Vocês a respeito desta região no centro de São Paulo, chamada “Zona Cerealista”. Ela fica perto do Mercado Municipal. O local não é bonito tampouco charmoso; mesmo assim é encantador! As mais exóticas e perfumadas especiarias são encontradas ali, na Avenida Mercúrio e Rua Santa Rosa.

No passado o local abrigava armazéns de cebola, alho e cereais para consumo no atacado. Entretanto, visando atrair o consumidor final, os lojistas repaginaram suas lojas e passaram a comercializar também especiarias, grãos e produtos naturais.

No tocante a especiarias, a variedade é tanta que fascina! Em um só lugar vê-se inúmeros tipos de condimentos na forma de pó, sementes ou folhas. São muitos e exóticos aromas, texturas e cores que seduzem às estantes das lojas.

O melhor de tudo é o preço dos condimentos: está muito abaixo em comparação a qualquer supermercado. Por isso, o movimento nas lojas é intenso. A Zona Cerealista é para os temperos, o mesmo que a Rua 25 de Março (SP) ou a Saara (RJ) são para os badulaques.

Aqui está o resultado do meu encantamento:  minha cesta de especiarias. Ela tem gengibre moido, cardamomo em pó, farinha de uva, limão com ervas finas, colorífico paraiba e caldo de camarão em pó. Há também alguns risotos desidratados que - por sua cor - não pude deixar de levá-los. O verde é risoto de espinafre e o amarelo é integral com açafrão.


Além das especiarias, em algumas lojas encontra-se molhos, vinagres e azeites com diferentes compostos. Cheguei a ver vinagre de kiwi! Aproveitei a oportunidade para comprar estas coisinhas menos exóticas. Fiquei em dúvida, porém, em relação ao preço destes produtos: não tenho certeza se é tão diferente dos supermercados.
A "frescurinha" do dia foi esta geléia feita com vinho 'cabernet sauvignon'. Encontrei-a quando aguardava na fila para o Caixa, prestes a pagar.  Quando a vi, foi 'amor à primeira vista'. rs rs rs
Aproveito a postagem para indicar este 'Guia das Especiarias', editado para a lingua portuguesa pela Dinalivro, de Portugal. O livro tem aproximadamente 300 páginas de inúmeras informações sobre especiarias. Ele aborda a história e origem; dados botânicos; características, localização e cultivo; componentes e propriedades; e dá dicas de aplicação na cozinha e na medicina. Além disso possui lindas fotos de cada especiaria mencionada. Este guia me foi dado de presente pelo Principe Encantado há alguns meses. Ele o encontrou em uma das livrarias Nobel.


Agora vou para os maravilhosos blogs de culinária que tenho a sorte de conhecer para procurar receitas com essas especiarias. Fico pensando, o que posso fazer com a farinha de uva? rs rs rs

Um grande beijo!
Paula

Read more...

Meu aniversário!

>> quinta-feira, 17 de novembro de 2011

fonte: http://inchmark.squarespace.com/inchmark/2010/8/27/a-balloon-party.html

Hoje é meu aniversário! Estou muito feliz! Sou imensamente grata a Deus pela minha vida, por meu esposo, pela minha família, meus amigos, minha moradia, meus colegas de trabalho, meu trabalho, meus chefes, meu meio de transporte, e por tantas bênçãos que Ele me concede diariamente.

Agradeço às queridas e queridos leitores deste blog pelo carinho e atenção que têm comigo. Suas visitas e comentários fazem total diferença. Falar sobre mim e compartilhar minhas ‘coisinhas’ é muito bom, porém, sem a interação com Vocês, não teria graça.

Aproveitando essa maravilhosa interação que o blog proporciona, gostaria de compartilhar com Vocês algumas lições dos meus 38 anos de vida.

Como o tema é aniversário, primeiro falarei sobre o tempo. Há muitos anos tive a felicidade de ler o poema Instantes, de Jorge Luiz Borges. Ler este poema tão cedo ajudou-me a conduzir a vida de forma mais leve; já que fui uma criança e uma adolescente mais preocupada em relação à média da minha geração. O trecho mais marcante para mim é “A vida é feita de momentos, não os perca agora”. Ainda nesta linha de pensamento, transcrevo também um fragmento do belíssimo discurso de Steve Jobs na Universidade de Stanford: “O tempo de que dispomos é limitado, por isso não devemos desperdiçá-lo vivendo a vida de outra pessoa. Não nos deixemos viver sob ditames do pensamento alheio. Não permitamos que o ruído das outras vozes supere o sussurro da nossa voz interior. E, acima de tudo, tenhamos a coragem de seguir nosso coração e nossas intuições, porque eles - de alguma maneira - já sabem o que realmente desejamos nos tornar.“

Outro aprendizado fundamental que tive é sobre o bem. Como Platão expressa em O Banquete, “o bem é o que há de mais supremo, é o divino. É a forma unificadora, é o que harmoniza e unifica o cosmos e o homem; é o que todo ser humano deve buscar.” Buscando sempre o bem, podemos ter certeza de que os resultados serão maravilhosos!

Por último, transcrevo a belíssima frase de Chico Xavier: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” Sempre é tempo de recomeçar e melhorar!


Bem, vamos ver como se sucede este dia. A comemoração será à noite, com o Príncipe Encantado, por quem sou profundamente feliz por estar em minha vida!


Um grande beijo a todos e tenham um lindo dia!

Paula

 

Read more...

Meu artesanato

>> sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Bom dia pessoal!

Hoje é um dia feliz! Participo do quadro BONFA CONVIDA do blog CASOS E COISAS DA BONFA, da Katia Bonfadini. Tenho muito carinho por este blog pois foi através dele que me inseri na maravilhosa blogosfera. Primeiro, comecei visitando-o. Aos poucos fui conhecendo outros lindos e  caprichados blogs. Finalmente, decidi criar o meu. Lembro-me que entrei em contato com a Katia e disse algo do tipo: “Sou sua fã. Gostaria de uma ilustração sua e de um blog como o seu!” rs Com toda a compreensão e simpatia, a Katia me recebeu muito bem. Trocamos e-mails conversando ao mesmo tempo sobre a ilustração e sobre nós. Ao fim do projeto chegamos na minha bonequinha aqui no cabeçalho do blog. Ficou linda, né? rs Para o layout do blog, a Katia indicou a Nana, do MANGA COM PIMENTA. A Nana é uma fofa e elaborou este lindo layout para o EXECUTIVA DE PANELA. Além disso, com carinho e paciência, me explicou passo-a-passo como fazer postagens. E olha que graça: juntas - a Nana e a Katia - decidiram pela bela padronagem de fundo. Sou muito grata por ter iniciado minha aventura pela blogosfera com essas duas excelentes profissionais e, sobretudo, donas de um bondoso e nobre coração. Obrigada, meninas! Espero que vocês estejam sempre por perto!

Hoje mostro algo bem diferente do que se espera de uma executiva! rs Em vez de laptops, blackberries, smpartphones, mp3, 4, 5, iPhones, iPods, tablets, papéis, telefones, planilhas, balanços, balancetes... Ufa... Apresento a TAPEÇARIA! É a técnica de artesanato na qual dedico um pouquinho do meu tempo.
Tapeçaria é a arte de tecer tapetes. A técnica consiste, basicamente, em bordar sobre telas com uma lã especial, mais grossa, específica para tapeçaria. O ponto mais conhecido é o ‘arraiolo’. Entretanto há pontos como o ‘casa caiada’, ‘diabinho’ e ‘rosinha’ dentre outros. Abaixo está um tapete que fica na beira da minha cama. Ele foi bordado em ‘casa caiada’.






Optei por este artesanato para relaxar já que meu ritmo no escritório é bastante dinâmico pois, como Administradora, estou envolvida com todos os departamentos da empresa e, sobretudo, com grande parte das pessoas destes departamentos. Portanto, além da rotina burocrática do dia-a-dia, administro humores, desejos, frustrações e problemas individuais daqueles que compõem a equipe. Isso intensifica ainda mais meu ritmo e não quero carregar isso para fora do trabalho.

Por isso, tomo algumas atitudes para separar bem a vida da executiva e a vida da “panela”. Uma delas é a prática da tapeçaria. Um artesanato muito gratificante que, com simples material, torna possível produzir algo por completo. Além disso, pode-se carregar a matéria-prima (agulha, lã e tela) para qualquer lugar. Em toda viagem que faço procuro levar, pelo menos, uma tela pequena para tecer nos momentos de pausa.





Há uma variedade de coisas para se fazer através da tapeçaria como almofadas, passadeiras, caminhos de mesa, revestimento para pequenos estofados e pesinhos de porta.

Os pesinhos de porta são meu “carro chefe”. Todo final de ano produzo uma quantidade considerável para presentear minha familia, amigos, colegas de trabalho, esposa do chefe, sogra, tias, vizinhas, ... Sempre tenho alguém para presentear com os pesinhos. Considero-os um mimo útil, que pode embelezar qualquer porta. 


É muito intressante como as pessoas se agradam ao ganhar os pesinhos. Algumas dizem que nem vão tirar da embalagem, de tão bonitinho! rs

Abaixo está meu ‘porta-cartas’, que fica em uma das paredes da cozinha.  Utilizo-o para guardar os cardápios dos restaurantes e pizzarias deliveries aqui da região. Fui eu quem bordei!



E meu atual projeto é este: uma passadeira de 2,5m de comprimento por 0,76m de largura. Sempre que sobra um tempinho, sento-me no sofá da sala e começo a bordar. Enquanto bordo, ouço música,  penso na vida, converso com o Principe Encantado ou acompanho-o quando ele assite TV. É uma delícia!


Espero que tenham gostado do meu artesanato!

Desejo a todos um lindo final de semana!

Beijos
Paula

Read more...

Tripla comemoração: 2 aniversários e 1 bota-fora

>> domingo, 6 de novembro de 2011

Bom dia pessoal!

Sábado tivemos tripla comemoração! Foi aniversário da minha mãe e do meu irmão mais novo. Eles fazem aniversário na mesma data! Que graça, né? Além disso, foi o bota-fora do meu irmão mais velho e sua esposa que, logo após a festa, partiram para a Itália em uma viagem "mix" de trabalho e férias.

Pensando nos aniversariantes, refleti no marcante papel que eles exerceram e exercem em minha vida. Com minha mãe - decidida e enérgica - tive tanto lições doces e ternas, como lições duras e difíceis. Sou grata por todas elas. O aprendizado foi e é valioso para basear minha vida em justiça e dignidade.

Quanto ao meu irmão mais novo... Ahhh... É meu grande amigo. Aliás, por ser uma alma generosa e carinhosa, acho que ele é o grande amigo de muita gente. Com ele, há o prazer da prosa, do compartilhar e, sobretudo, da tranquila sensação de poder confiar. Este ano ele decidiu a forma de comemorarmos a data e optou por jantarmos em uma pizzaria perto da residência dele. Assim, lá foi a família unida se deliciar com saborosas pizzas.

Para "cantar o parabéns" e brindar o "bota-fora" voltamos à casa dele.  Eu havia chegado antes do horário marcado, de forma a ter tempo de ajeitar a mesa do bolo para quando voltassemos. Pensei numa decoração simples e rápida. Alguns itens levei daqui de casa.

A decoração foi montada em uma mesa de centro da sala. Forrei-a com uma toalha preta e espalhei lantejoulas prateadas sobre toda a mesa. Feito isso, dispus os demais itens. 

As taças estão sobre um prato redondo, de inox. Improvisei o balde de gelo para manter o vinho frisante gelado.
Fiz estes arranjos com  guardanapos de papel, tamanho 33cm x 33cm. Coloquei 2 guardanapos em cada arranjo. Após dobra-los em sentido vertical, circundei-os com fita prateada larga e colei a junção com fita adesiva dupla-face. Finalizei com fita cetim preta, dando um lacinho. 

Em momentos diferentes, perguntei aos aniversariantes qual o sabor de bolo que queriam. Um escolheu chocolate e o outro escolheu frutas. Atendendo ao desejo de todos, eu e o Principe Encantado compramos estes pequenos bolos, de sabores diferentes! 

E abaixo está o momento do parabéns. Eu amei esta vela "estrela"! Experimentamos ela pela primeira vez e foi um show pirotécnico! Valeu!

Após os bolinhos, finalizamos com um brinde aos aniversariantes e ao casal saindo para a viagem.

Foi um encontro maravilhoso! Espero ter outros encontros como este por muitos e muitos anos!

Beijos a todos e uma linda semana!
Paula

Read more...

Um caldinho expresso para o frio que não vai embora

>> sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Bom dia pessoal!  Aproveitei o friozinho que está fazendo em São Paulo para preparar este caldinho de ervilha. À noite, ao invés de jantar, temos o hábito de tomar café com pães, queijos e frutas. Nesta semana, em nosso café noturno, este caldinho foi o diferencial. Como o preparo é rápido e os ingredientes fáceis, costumo fazê-lo com frequência durante a semana, quando a correria do dia-a-dia exige pratos mais práticos. E aí vai.

Caldo de ervilha (expresso)
Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 2 porções

Ingredientes
1 lata de ervilhas em conserva
1 tablete de caldo de galinha
750 ml de água
1/2 colher de sopa de bacon bem picado

Modo de preparo
Coe e lave as ervilhas. Em uma panela, junte as ervilhas, a água e o caldo de galinha.  Coloque para ferver. Após levantar fervura, retire do fogo e bata no liquidificador. Volte o caldo já batido ao fogo, adicionando o bacon. Corrija com sal, se necessário. Deixe ferver por mais 5 minutos e está pronto! Sugestão para servir: polvilhar queijo parmesão ralado sobre a sopa (como fiz na foto) ou croutons. Como acompanhamento, umas torradinhas feitas com pão francês vão muito bem!

Bom apetite!

Beijos e um lindo fim de semana!
Paula

Read more...

O almoço mar

>> sábado, 29 de outubro de 2011


Mar, areia da praia, água de coco e uma rede bem gostosa para deitar... Sim, ultimamente é isso o que se passa em minha mente. O ano tem sido bastante movimentado em vários aspectos - inclusive cheio de desafios profissionais. Desafios estes acompanhados de boas compensações. Ainda assim, o esforço e dedicação acabam causando alguma fadiga. As férias estão chegando (êba!) e, ainda que curtas, sei que serão suficientes para descansar e quem sabe ficar pertinho do mar.

As felizes expectativas em relação às férias fizeram-me trazer um pouquinho do mar aqui para casa! Inspirada nas conchinhas que pego quando caminho beira-mar com o Principe Encantado, preparei o "almoço mar"!

Escolhi a cor verde como base do tema. Cheguei até a experimentar uma toalha azul claro na mesa, mas a atmosfera não ficou aconchegante. Minha praia é suave, alegre e morna...
O arranjo no centro da mesa é composto por velas, flores e conchas - tudo disposto em um prato de inox redondo. A vela maior está dentro de um vaso de vidro cilindrico, cercada por conchinhas "exóticas" que encontrei em nossas viagens; enquanto que as velas menores estão em suportes baixos. Um copo para servir whisky foi o vaso das astromélias brancas. Para o bouquet de gipsofila, utilizei um solitário levemente inclinado. Na borda ao redor de todo o prato, dispus conchas maiores.

Na ocasião decidimos bebericar o vinho frisante Salton Lunae branco. É um vinho muito suave e inacreditavelmente barato! Algumas horas antes de servi-lo, deixei-o na geladeira para gelar. O balde de gelo foi improvisado com uma tigela de acrílico. Ao trazer o vinho para a mesa,  enchi o "balde" com gelo para manter a temperatura.

Nos pequeninos recipientes redondos dispus azeite, sal e molho inglês para temperar a salada. As colherzinhas de madeira serviram para dar um clima mais rústico.
Esta é a minha foto favorita da ocasião! Ela transmitiu bem a transparência e tranquilidade do momento.
Como entrada, na panelinha de cerâmica, servi uma sopa de camarões. Logo após foi a salada de folhas, cercada por um creme de camarão. A receita do creme de camarão é deste post do blog Eternos Prazeres, um blog que gosto demais da chiquérrima Renata Boechat.
Mesa posta! O prato principal: Filé de Saint Peter temperado com limão, pimenta do reino preta e sal. Refoguei-o com cebola, tomate e salsinha, regado a leite de coco. Os acompanhamentos são arroz branco e uma farofinha básica.
Abaixo está a sobremesa preparada para a ocasião: mamão, manga e melancia picados. Quase uma salada de frutas.
Mas a verdade, minha gente, é que o almoço foi tão leve e tão feliz, que deixamos essa sobremesa para depois e, na hora, fiz algo muito, muito mais calórico! Panetone com soverte e calda de chocolate!
A receita é simples: basta espedaçar um pouco de panetone. Usamos o panetone da Casa Suiça - aquela marca de bolos prontos. Assim como os bolos, o panetone também é muito bom! Depois colocamos uma bola (enorme) de sorvete sabor passas ao rum e, por fim, despejamos a calda de chocolate - receita neste post. Hmmmmm...

E foi assim - felizes e calóricos - que terminamos nosso "almoço mar"!

Espero que tenham curtido!
Desejo um lindo final de semana!

Beijos,
Paula

Read more...

Em companhia dos bichos

>> sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Olá pessoal!

Parece que neste final de semana o tempo estará muito bom aqui em São Paulo. De acordo com a previsão do tempo, não choverá e a temperatura será amena - nem frio, nem calor.

Este clima me induz a passeios ao ar livre, o que gosto muito de fazer! Um dos lugares ao ar livre mais bacana que já fui é a Companhia dos Bichos, uma fazendinha localizada entre a Granja Viana e Cotia, a mais ou menos 30 minutos do centro de São Paulo.

Trata-se de uma fazendinha concebida para a visitação do público de todas as idades. Simpática e divertida, ela é composta de vários cercadinhos, com diversos tipos de bichinhos: mini-cabras, vacas, coelhos, porcos, cavalos, patos, jabutis, tartarugas, ovelhas, jegues, pavões, dentre muitos outros. Tem até o lindíssimo búfalo Smith.

O melhor de tudo é que pode-se entrar no cercado dos bichinhos e brincar diretamente com eles. Podemos acariciá-los e alimentá-los. Tenho certeza de que todos os bichinhos são bem tratados, porque todos gostam de carinho! Para vocês terem uma idéia, os bichinhos se aproximam de todos. Eles gostam de visitas! Todos aceitam afagos - alguns pedem por mais. É uma graça!

Na fazendinha há monitores que incentivam as crianças a brincar, deixando-as muito à vontade. Os monitores também reunem as crianças para tirar leite da vaca, alimentar os patos, alimentar os coelhos e até fazer biscoito!

Este foi um dos lugares que fui com minha sobrinha Olivia, de 5 anos. Nos divertimos muito e saímos de lá felizes.

Abaixo reproduzo algumas fotos do local!



Vocês já viram tantos patos juntos?

As mini-cabras! Umas fofas!
Estes montes de feno ficam espalhados pela fazendinha. É permitido ao público alimentar os bichinhos com bocados dele. Eles comem tudo felizes!
Estes dois bichinhos andavam livremente pela fazendinha quando acharam o monte de feno!

Uma charmosa casa de taipa que decora o local.

Os cavalos são muito amistosos!


Uma simulação de cozinha caipira - ali as crianças fazem biscoito de verdade!
Um dos espetáculos da fazendinha é o pavão, que anda livremente pelo local.
Olha o show!
As fotos deles dois foram tiradas em sequência. Para mim foi inacreditável vê-los fazendo poses idênticas!


Hora de relaxar...
Este é o lindíssimo bufalo Smith. Ele é enorme!

 As emas sorrindo, com cara de 'volte sempre'!

Espero que tenham curtido! É um lugarzinho bem simpático para levar as crianças.

Beijos e um lindo fim de semana a todos!

Paula

Read more...

Back to TOP