10 dias em Israel

>> segunda-feira, 22 de abril de 2013



Israel sempre foi um roteiro dos meus sonhos. Tinha uma imagem puramente espiritual do local, mas o que vi lá nestes 10 dias vai muito além da espiritualidade. Encontrei um Estado evoluído, com contrates entre modernidade e antiguidade, história e religião, e povos completamente diferentes. Há muito o que falar sobre o local mas desta vez o relato será breve e visual.

Formado em 1948, após a 2ª Guerra Mundial, Israel estruturou-se de forma sólida. A região foi escolhida porque há registros históricos de que pertencia aos judeus há pelo menos 4.000 anos.





















Apesar da geografia desértica, a agricultura é intensa. É surpreendente a variedade de frutas, legumes e verduras que se encontra lá. Os israelitas importaram plantas nativas de outros países - inclusive do Brasil - e com elas desenvolveram sua própria cultura agrícola. Comemos bananas e mangas muito mais saborosas do que as daqui do Brasil! 


Em pleno deserto vi plantação de manga, banana, abóbora, milho, oliveira e outras que não consegui identificar.


No deserto também vi camelos e cabras.















Nos hotéis e supermercados deparei-me com uma impressionante variedade de derivados de laticínios brancos como queijos, coalhada, cream cheese, iogurtes e outros preparados cremosos. Nos restaurantes experimentamos carne de boi, peixe, frango e cordeiro. Todas macias, saborosas e bem temperadas. Como os judeus não comem carne de porco, não se encontra carne de porco e derivados.

Passeei por sítios arqueológicos. Alguns muito antigos, onde senti que havia muita história ali.











Em contraste com esta antiguidade, vi casas completamente equipadas com um sistema de energia solar, antena parabólica e aquecedor de água e, sobretudo, uma arquitetura muito bem planejada!








































Vi moças lindas, fardadas e portando armas. Em Israel o serviço militar é obrigatório também para as mulheres. Os homens servem 3 anos e as mulheres 2 anos. Estes jovens andam naturalmente pelas ruas, armados.















Deparei-me com um mercado inimaginável de artigos religiosos.


















Caminhei à beira mar.


E presenciei um belíssimo por do sol.





Curiosidades sobre a viagem

* Entre ida e volta, são 32 horas de vôo - sem contar o tempo nos aeroportos. 

* Mesmo acostumada a viagens 'independentes' - onde traço meu próprio roteiro, desta vez escolhi viajar através de pacote turístico. Não me arrependo da opção, visto que só mesmo através de um guia conseguiria absorver tanta história e costumes em apenas 10 dias. 

* Em Israel os banheiros possuem 2 tipos de botões para a descarga. Um botão para o nº 1 e outro para o nº 2.

* Momentos emocionantes foram navegar de barco pelo mar da Galiléia – onde nosso Senhor Jesus andou sobre as águas; e estar na Basílica da Agonia e Monte das Oliveiras – onde nosso Senhor Jesus orou antes de ser preso.


Na próxima postagem falarei mais de Israel, especificamente sobre Jerusalém - cidade única, linda e inesquecível.


Espero que nestes 10 dias todas tenham ficado bem por aqui, na "nossa" Terrinha tão querida.


Beijos e boa semana!
Paula



24 comentários:

Luiza Mallmann 22 de abril de 2013 23:37  

Olá Paula...

Israel é muito moderna e tem tecnologias avançadas em várias áreas. São especialmente desenvolvidos na confecção de produtos e tecnologia para espionagem e segurança - eles sentem os problemas da instabilidade politica em suas fronteiras e estão super preparados para bombardeios. Tem vários abrigos subterrâneos. Sim, as moças servem lá, uma vez q a população é pequena em número e precisa de muita gente preparada para a guerra, constantemente. Israel é, historicamente, um país muito belicoso, desde sempre guerreando para defender seu pedaço de chão!

Quanto às privadas, Israel tem dificuldade na captação de água e portanto sabem q precisam economizar. E nós poderíamos tb. Bastasse q houvesse vontade política para adaptar as privadas de locais públicos semelhantes as de Israel. Aqui em casa, durante a reforma, instalamos uma descarga q tem um botão para 3L de água e outro p 6L. São bem em conta, diga-se de passagem! Mas política no BR é um problema, né menina!

Beijokinhas e estou louca pra saber mais da sua viagem!

Luiza Mallmann
decorarsustentavel.blogspot.com

Guloso e Saudável 23 de abril de 2013 04:56  

Bom dia Paula,
Sempre tive muita curiosidade acerca de Israel, também por ter grandes amigos daí, apaixona-me a persistência, criatividade e serem um museu (as antiguidades) a céu aberto.
Muito de nós brasileiros temos origem nos novos cristãos.
Beijo,
Vânia

São Ribeiro 23 de abril de 2013 06:23  

Adorei as fotos, imaginava um sitio bem diferente.
Agora fico á espera dp proximo post.
bjs

Kati Monteiro 23 de abril de 2013 07:02  

Que linda viagem! Obrigada por compartilhar alguns momentos conosco.
Beijos

✿ chica 23 de abril de 2013 07:25  

Surpreendente viagem deve ter sido.Lindas fotos e lugares. Imagino, cansativa também! Vamos esperar mais! beijos,chica

Renata Boechat 23 de abril de 2013 07:52  

Minha amiga,

Que máximo!

Viajei na sua viagem, eu adoro!!!

Israel é mesmo um país incomum, me lembro bem das moças andando armadas pelas ruas, fato que me impressionou muito também! Não fosse pelo excesso de segurança dos aeroportos (uma verdadeira loucura, imagina, quando eu fui vinha do Egito), eu teria gostado muito mais, confesso que me senti meio incomodada na época, mas hoje, vendo as suas fotos consigo me lembrar bem da beleza desse território tão bem cuidado e defendido pelo seu povo,

Belas fotos amiga, estou querendo ver mais...rsss

Grande abraço,
Renata

Andréa 23 de abril de 2013 09:29  

Querida Paula,
conhecer outras países e culturas diferente é muito rico e gratificante.
Com certeza foi emocionante navegar pelo mar da Galiléia.
O pôr do sol é maravilhoso, amei todas as fotos, obrigada por compartilhar!

Beijos, fica com Deus!

lili 23 de abril de 2013 10:42  

Pois é. Em Israel, eles plantam no deserto. Por que não conseguimos fazer o mesmo no Nordeste? Governantes incompetentes...

Sabor no Prato 23 de abril de 2013 11:06  

Oi Paula.

Que viagem proveitosa você fez. Israel é mesmo um país, ímpar. Gostei muito de conhecer um pouco mais de informações sobre Israel, suas fotos estão lindas. E a descrição que você fez sobre a modernidade e estrutura deste país reflete o comprometimento do Estado com o cidadão e ainda, a responsabilidade de cada cidadão em fazer a sua parte pelo bem coletivo.

Estarei esperando mais detalhes da viagem. Ah, e mais fotos, é claro, rsrs.

Abraços. Fabiana.

marijose 23 de abril de 2013 11:48  

PRECIOSAS FOTOS, Y LINDO VIAJE, ME ALEGRO POR TI, BESOS

luci 23 de abril de 2013 13:27  

Que viagem linda
beijos

Bia Costa 23 de abril de 2013 13:58  

Minha amiga, que Belíssima viagem, renderam fotos lindas. Lugares indescritíveis!!!
Bjos

Receber e Celebrar 23 de abril de 2013 15:08  

Paula, que viagem fantástica!!
Israel também está na minha listinha de lugares para conhecer e fiquei babando nas suas fotos!! Que diversidade geográfica, né? Uma cultura muito rica, com certeza. Adorei ver seu post de volta de viagem. Estava curiosa :)
Beijos da Mel

Josy 23 de abril de 2013 17:06  

Paulinha querida,tudo bem? não sabia que vc tinha ido viajar. Que lindo que é Israel, adorei as fotos, as curiosidades, me diverti com a descarga nº1 e nº2, eles sim sabem economizar. Belissimo passeio, um lugar que amaria conhecer. Gostei muito das fotos. A foto do por do sol está magnifica. Beijinhos

Cuca 23 de abril de 2013 17:10  

Vou ficar à espera do seu próximo post porque adoro viajar e ir a Israel é uma das minhas viagens de sonho :)
Adorei as fotografias!

Beijinhos*

"Manjares da Manu" 23 de abril de 2013 17:11  

Linda viagem!!!!
Adorei saber um pouquinho mais de Israel!!!!!

Bjs...

Yolanda,  24 de abril de 2013 14:10  

Gostei muito dessa postagem sobre Israel, vc mostrou o que a tv nunca mostra sobre esse belo país. Parabéns, bjs.

Kinha 24 de abril de 2013 22:44  

Que benção poder conhecer os lugares onde Jesus esteve. Parabéns pela oportunidade, querida!

Kinha 24 de abril de 2013 22:48  

A propósito, estou seguindo seu blog!
:)

Casar é assim... 25 de abril de 2013 09:32  

Uau, Paula..que legal!

Muito obrigada por me mostrar uma outra imagem de Israel, principalmente dessas casinhas e prédios super contemporâneos! rs..

beijos!!!

Bia Jubiart 29 de abril de 2013 00:39  

Paula, fiquei até emocionada...
É muito bom concretizarmos sonhos e desejos...
A tecnologia relacionada a água nesta região é fantástica, já assisti algumas reportagens sobre.

Amei o passeio!

Bjãoooooooo

Carol Vieira 30 de abril de 2013 19:29  

Paula, que viagem incrível!!! Você acredita que eu iria agora nas minhas férias para Israel? Só não vou pq queremos passar em outros lugares antes e daí ficaríamos pouco tempo em Israel. Queremos dedicar um bom tempo para este lugar lindo e especial.
Ameeei seu post e realmente deve ser emocionante.
Beijos :o))))

Andréa - Sweet and Saucy 19 de maio de 2013 18:33  

Paula,

Que fotos lindas! Adorei o registro da sua viagem! Seu texto me mandou direto para Jerusalém!

Beijos

Regina Melo-Jocknevich 25 de maio de 2013 15:36  

Olá Paula,

vi (e li) suas postagens sobre sua viagem à Israel e imagino a emoção que deve ter sentido por estar em lugares históricos e uma cultura tão diferente da brasileira.
Gosto da diversidade, de conhecer os lugares e as diferenças entre os povos.
O único ponto negative é a animosidade existente entre israelitas e palestinos - too bad.

ps.: lindas fotos

Back to TOP